janela descendo

quarta-feira, 22 de agosto de 2012

COTIDIANO: VERSÃO DE ELIZE SOBRE EXECUÇÃO DO MARIDO É CONFIRMADA POR LAUDOS

Laudos do Instituto de Criminalística entregues à Polícia Civil comprovam a versão de Elize Matsunaga para a morte do marido, o executivo Marcos Matsunaga - um dos herdeiros da Yoki Alimentos. Segundo os documentos, a versão da viúva foi comprovada pela reconstituição do crime e pelas provas colhidas por meio da aplicação do reagente, que detecta vestígios de sangue.
De acordo com os peritos, de fato, Elize atirou contra a cabeça do marido, na sala do apartamento onde viviam, arrastou o corpo dele pelo corredor e, em um quarto de hóspedes, o esquartejou.
O executivo de 41 anos foi morto no dia 19 de maio, no apartamento onde o casal vivia, na Vila Leopoldina, zona oeste da capital paulista. Elize foi presa em 4 de junho e confessou ter assassinado o marido, após uma discussão.
BAND

Nenhum comentário:

Postar um comentário

pág